quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Desaparecido no meio da serra

Carlos Marques, de 66 anos, está desaparecido desde o meio-dia de sábado. Foi visto pela última vez na estrada que liga Casais a Montes de Cima, em plena serra de Monchique. Militares da GNR, bombeiros e populares têm estado envolvidos nas buscas para encontrar o homem, mas, até agora, sem sucesso.
 
"Ele estava com mais três pessoas na rua. Eu vim para dentro de casa e, quando regressei, pouco tempo depois, já não o encontrei", relata Fernanda Marques, esposa do homem desaparecido. O casal estava a passar alguns dias na casa de família em Casais, no concelho de Monchique.
 
Carlos Marques, que vestia umas calças pretas, um casaco castanho esverdeado e tinha um boné azul, ainda foi visto por um popular a caminhar ao longo da estrada que liga esta aldeia ao município de Portimão. Uma zona praticamente desabitada e rodeada de floresta e mato.
 
O homem já sofreu três AVC – o último dos quais hemorrágico, em Agosto deste ano. "Ele tem dificuldades de comunicação e lapsos de memória", explica Fernanda. Já este ano, esteve desaparecido durante quase um dia: saiu da residência habitual do casal na Bela Vista, no Parchal, e foi encontrado em Lagoa, a cerca de seis quilómetros de distância.
 
"Quero ainda ter esperanças de que ele possa estar bem, mas já foi tudo batido e não o encontraram", diz Fernanda Marques. Fonte da GNR refere que é difícil encontrar o homem, até porque se trata de uma zona serra. Todas as forças de segurança foram informadas do desaparecimento.
 

Sem comentários:

Enviar um comentário